Encontro Macapá

Encontro Macapá
Experiências Indígenas de Pesquisa e Registro de Conhecimentos Tradicionais
Fortaleza de São José de Macapá
Macapá – Amapá
18 a 23 de junho de 2007

O Encontro Macapá reunirá representantes indígenas para discussão e troca de experiências, sistematização de concepções e práticas relacionadas à pesquisa e ao registro dos conhecimentos indígenas.

O Encontro Macapá também objetiva refletir sobre os aspectos jurídicos da proteção de conhecimentos tradicionais associados à biodiversidade.

Representantes de 20 povos indígenas participarão do Encontro Macapá (Krahô, Gavião, Panará, Kaiabi, Marubo, Terena, Kaxinawá, Katukina, Baniwa, Yanomami, Wajãpi, Tiriyó, entre outros), além de representantes de organizações indígenas (ATIX, OPIAC, AMAAIAC, WYTY-CATË, HUTUKARA, Conselho WAJÃPI, APITKATI, FOIRN) e de organizações indigenistas e socioambientalistas (CPI-Acre, CTI, CCPY, ISA e IEPÉ).

Objetivos

. abordar experiências indígenas atuais em pesquisa e sistematização de conhecimentos tradicionais;
. refletir a respeito das práticas de pesquisa conduzidas nos programas de formação indígena desenvolvidas pelos integrantes da RCA (formação de professores, de agentes agroflorestais e outros);
. sistematizar os resultados dessas experiências e encontrar pontos comuns deste trabalho, construindo um referencial mais geral sobre pesquisa, registro e gestão de conhecimentos tradicionais;
. propor ações para a ampliação do reconhecimento dos saberes tradicionais indígenas associados à biodiversidade e à proteção do patrimônio imaterial;
. propor ações para as políticas públicas de proteção, educação e conservação, com foco na valorização dos conhecimentos tradicionais dos povos indígenas, ressaltando-se sua articulação às práticas locais e modos específicos de transmissão;
. propor uma agenda de difusão das experiências indígenas de pesquisa e de sistematização de conhecimentos tradicionais junto a outros atores sociais e governamentais.

PROGRAMAÇÃO

2ª. feira – dia 18 de junho
Chegada e abertura dos trabalhos
Inauguração da exposição “Arte com sementes e miçangas – vestir, enfeitar e moldar o corpo” / Iepé
Lançamento de livros e publicações das organizações integrantes da RCA
Coquetel de boas vindas

3ª.feira – dia 19 de junho
A pesquisa no âmbito dos programas de formação indígena
. Levantamento e sistematização dos contextos de produção das pesquisas: quem, para quem, como e quando são produzidas. Apresentação de relatos de trabalhos de pesquisa no âmbito dos processos de formação desenvolvidos pelas organizações integrantes da RCA.

4ª. feira – dia 20 de junho
Gestão de conhecimentos
. Discussões conceituais: análises e definições de temas-chave e expressões recorrentes em projetos e discursos para estabelecimento de um vocabulário comum para o Encontro.

5ª. feira – 21 de junho
Consolidação dos processos de formação para sistematização de conhecimentos indígenas
. Discussão: como as diferentes alternativas de processos de formação consolidam os objetivos de valorização cultural?
Processos de sistematização de conhecimentos: questões de métodos
A inserção da pesquisa nos processos de formação indígena
Conhecimento tradicional e biodiversidade

6ª. feira – 22 de junho
Conclusões e preparação do documento final
. Apresentação e discussão de propostas e políticas para valorização dos conhecimentos indígenas e sistematização das propostas apresentadas no Encontro.

Sábado – 23 de junho
Visita ao Curiau – área de preservação ambiental e de remanescentes de quilombos

0 Comentários

    Deixe um comentário

    catorze − 1 =

    XHTML: Você pode usar essas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

    Rede de Cooperação Amazônica

    A RCA tem como missão promover a cooperação e troca de conhecimentos, saberes, experiências e capacidades entre as organizações indígenas e indigenistas que a compõem, para fortalecer a autonomia e ampliar a sustentabilidade e bem estar dos povos indígenas no Brasil.