Intercâmbio da RCA aos Yanomami

Entre os dias 10 e 21 de novembro, 20 representantes indígenas e indigenistas das organizações membro da RCA – Rede de Cooperação Alternativa participaram de um intercâmbio coletivo à Terra Indígena Yanomami, em Roraima. O grupo foi formado por representantes dos povos Desana, Baré, Krikati, Gavião, Wajãpi, Kaxuyana, Kisedje, Kaiabi, Mayuruna, Poyanawa, Ye´kuana e Yanomami, representando as organizações Apina, Foirn, Atix, Wyty-Catë, Opiac, Hutukara, Amidi, Apitikatxi e AAPBI, e por indigenistas do CTI, ISA, CPI-AC e Iepé. Eles visitaram as comunidades de Auris e do Catrimani, onde vivem os Ye´kuana e Yanomami, e participaram da VII Assembleia Geral da HAY – Hutukara Associação Yanomami, que ocorreu na aldeia Demini.

Assembleia Yanomami – Um dos pontos altos do intercâmbio foi a participação da delegação da RCA na Assembleia da Hutukara, que reuniu mais de 700 representantes yanomami das 37 regiões daquela Terra Indígena. A reunião intercalou debates acalorados, caso da mineração, com danças, cantos e os tradicionais diálogos cerimoniais. A programação noturna refletiu o entusiasmo dos participantes, tomada por cantos e discursos que vararam as madrugadas.

Na assembleia, os Yanomami firmaram um pacto contra a mineração. Após serem informados sobre o relatório do projeto de lei que pretende regulamentar a mineração em Terras Indígenas, em tramitação no Congresso Nacional, tendo como relator o deputado federal Édio Lopes (PMDB/RR), várias lideranças se revezaram ao microfone, manifestando sua posição contrária à falta de garantias dos seus direitos e alegando que a lei só trará doenças e destruição para os Yanomami. E decidiram que a nova diretoria da Hutukara terá como objetivo principal combater qualquer tentativa de implementação da mineração na Terra Indígena Yanomami. Os representantes também cobraram da Funai e de outros órgãos presentes o apoio para as suas atividades produtivas e de fiscalização da TI, para não serem chantageados por autoridades que colocam a mineração como solução para justificar a ausência do Estado naquela região

No último dia da assembleia (20) houve a eleição dos novos diretores da Hutukara que deverão cumprir mandato de quatro anos (2013-16). A chapa encabeçada por Davi Kopenawa foi a vencedora.

Encontro de Sistematização – Nos dias 20 e 21, a delegação da RCA se reuniu em Boa Vista para sistematizar ideias aprendidas durante a viagem. Os participantes puderam relatar suas experiências na Terra Yanomami, o que aprenderam com a visita nas aldeias e na assembleia Yanomami. Face às ameaças aos territórios indígenas, o grupo discutiu a necessidade de criar e manter sistemas de radiofonia interno, que possam melhorar a comunicação entre as diferentes aldeias de uma terra indígena; a necessidade de mapear áreas de invasão e de realizar expedições de fiscalização e vigilância em seus limites e de trabalhar a gestão de recursos naturais próximos as aldeias, principalmente face a crescente perda de mobilidade em função da instalação de infra-estrutura de assistência (em saúde, educação e pista de pouso). A realização de intercâmbios temáticos, como forma de conhecer outras realidades e soluções construídas por outros povos indígenas, também foi apontada como uma ferramenta importante de formação das lideranças indígenas.

Viver numa terra demarcada, segundo os participantes do intercâmbio, coloca aos povos indígenas hoje novos desafios, que precisam ser enfrentados para que se consiga manter a qualidade de vida e a disponibilidade de recursos para as atuais e futuras gerações.

O grupo elaborou uma nota pública contra o Projeto que pretende regulamentar a mineração em terras indígenas (ver notícia nesse site).

O intercâmbio a Terra Indígena Yanomami foi coordenado pela Hutukara, com apoio do ISA e da secretaria-executiva da RCA, e financiado pela Rainforest Foundation Noruega.

0 Comentários

    Deixe um comentário

    2 × quatro =

    XHTML: Você pode usar essas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

    Rede de Cooperação Amazônica

    A RCA tem como missão promover a cooperação e troca de conhecimentos, saberes, experiências e capacidades entre as organizações indígenas e indigenistas que a compõem, para fortalecer a autonomia e ampliar a sustentabilidade e bem estar dos povos indígenas no Brasil.